Saiba as curiosidades e cuidados sobre esse animal super interessante

 

Primeiro passo, para quem quer ter um animalzinho deste em casa, é se informar se ele está, devidamente, legalizado no Ibama.

Não se esqueça! Verifique se toda a documentação está correta, possuindo nota fiscal do bichinho, exames, data de nascimento, número de marcação (micro chip) do criador e o sexo.

Segundo passo, é o local onde o macaquinho irá viver. O ideal é que o viveiro tenha bastante espaço, de no mínimo, 1,20 x 0,60 x 0,60 metros, com brinquedos, cordas e galhos, para que o sagui se mantenha em atividade, é ideal, também, que tenha uma toca onde eles possam descansar.

A alimentação do sagui deve ser bem variada, incluindo pelo menos uma fruta, como banana, mamão, maçã, manga, laranja, uva e outras frutas da época. Inclua também, pelo menos um tipo, de legume em sua alimentação diária, como cenoura, vagem, quiabo, batata-doce, inhame e beterraba. Em sua refeição também pode ser incluso pedaços de carnes, frango desfiado, ovo cozido, tenébrios ou grilos. Hoje em dia é possível encontrar até ração para macacos, para complementar ainda mais a sua dieta.

A pessoa que quiser ter um animalzinho desses em casa deve ficar atenta a um fato super importante sobre os saguis. Para eles, a Herpes em humanos, é letal, ou seja, não devem, em hipótese alguma, entrar em contato com pessoas que estejam com essa doença aflorada. Se a mesma não estiver exposta, não apresentará nenhum risco ao bichinho. Outra recomendação, é vermifugá-los de seis em seis meses.

Ainda há controvérsias sobre a vacina anti rábica em saguis no Brasil, uns veterinários indicam e outros não, o mais indicado é consultar um de sua confiança e sanar essa dúvida.

Passado esses passos importantes, vamos às curiosidades!

Esses macaquinhos são bichos muito habilidosos e inteligentes, eles se sustentam sobre quatro patas, pulam com muita destreza e soltam guinchos e assobios, que dá pra ouvir a grandes distâncias.

Seus pelos podem ser pretos, castanhos, brancos, dourados e prateados. Eles adoram ter sua pelagem alisada por meio de escovas dentais não usadas, pois se entrosam muito bem com os humanos, ocultando-se em seus cabelos e andando através de seus ombros. Mas é importante não se iludir pelo seu jeito, aparentemente, tranquilo, pois sendo bichos instáveis, eles podem a qualquer momento dar mordidas sem nenhum motivo concreto. Mas não maltrate seu animalzinho por esse motivo, saibam que esse é só o seu temperamento natural.

Estes animais são fiéis aos seus parceiros por toda vida. Aos três anos eles já atingem o necessário amadurecimento sexual. A fêmea pode reproduzir novamente em dois dias depois de dar à luz, gerando novos filhotes a cada 6 meses.

Em cativeiro, eles têm uma estimativa de vida de 20 anos.

Como todos os animais, os saguis precisam de cuidados e atenção. Se informe, sempre, antes de ter qualquer animalzinho, assim ele viverá por muitos anos, saudável e acima de tudo, trazendo alegria para sua família.